Publicidade na Internet avança e passa a TV no Reino Unido

O Guardian destacou que a internet já responde por 23,5% de todo o dinheiro gasto em publicidade no Reino Unido, enquanto a TV responde por 21,9% dos orçamentos de marketing.

tv_antigaO mês termina com a notícia das versões eletrônicas do The Guardian e The Financial Times nesta quarta-feira (30) atestando que o Reino Unido tornou-se a primeira grande economia em que os anunciantes gastam mais em publicidade na Internet do que na publicidade televisiva nos primeiros seis meses do ano.

O Guardian destacou que a internet já responde por 23,5% de todo o dinheiro gasto em publicidade no Reino Unido, enquanto a TV responde por 21,9% dos orçamentos de marketing. Já o econômico FT.com descatou a declaração de Peter Scott, presidente e executivo-chefe conjunta Engine Group, uma das maiores do Reino Unido, grupos de agência independente de publicidade — é um momento da história. Marca um ponto quando as coisas não vão voltar a ser como eram. A mudança da tecnologia e da fragmentação da mídia não vai parar — disse.

A notícia nos sites internacionais repercutiu no Brasil, o blog Toda Mídia, da Folha Online e vários perfis brasileiros no twitter comentaram o assunto nessa manhã.

A saber, o Reino Unido não é o primeiro país onde a internet ultrapassou a TV em gasto com publicidade, a Dinamarca atingiu a marca de cerca de seis meses atrás. Mas é a primeira grande economia registrar essa mudança.

A história das coisas

Vejam que interessante, a Annie Leonnard mostra como são as coisas, como consumimos, como são recicladas ou descartadas e quem acaba se beneficiando com esse sistema linear de consumo.

Vejam que interessante, a Annie Leonnard mostra como são as coisas, como consumimos, como são recicladas ou descartadas e quem acaba se beneficiando com esse sistema linear de consumo.